Em busca da China moderna

por Luiz Paulo Vellozo Lucas

A história chinesa

Este é um excelente livro para compreendermos a construção da China moderna. Nele, o historiador inglês, Jonathan D. Spence, nos apresenta os elementos centrais da história chinesa desde o século XVII até o século XX. Vale destacar que essa é apenas uma entre as suas onze obras sobre a China. Indo desde o maravilhoso “O Palácio da memória de Matteo Ricci”, até a biografia sobre o líder da Revolução Chinesa Mao Tsé Tung.

Em busca da China moderna foi escrito – e penso ter conseguido seu intento – para ser uma obra de caráter geral sobre a civilização chinesa, na melhor tradição da historiografia contemporânea, por vezes abandona, para minha tristeza, para as universidades americanas.

Spence, em sua obra, destaca os vários momentos de colapso e reconstrução do poder central naquela sociedade, numa constante luta entre forças centrífugas e centrípetas. Identificando, aí, um dos méritos do domínio do Partido Comunista Chinês, ter conseguido sobrepor o poder central sobre os poderes e poderosos locais e regionais, sem, no entanto, abandonar “negociações” com eles. Isso, entre outras questões, tem permitido manter a estabilidade política do país, por certo, contribuindo para isso, o grande crescimento econômico verificado nos últimos quase quarenta anos.

Para além desse aspecto, a obra de Spence destaca a importância de outros dois elementos centrais para o desenvolvimento da sociedade chinesa: a relação com os estrangeiros, e aqui poderíamos lembrar as guerras do ópio, de meados do século XIX, e a Guerra dos Boxers, em fins do século XIX; e a história militar, tanto em suas relações internas, quanto externas, e aqui, não poderíamos deixar de mencionar a luta contra a ocupação japonesa, que vai de 1931 até o fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945.

Spence, como não poderia deixar de ser, ainda destaca, além de processos políticos e econômicos urbanos, a vida na China rural, afinal, ainda hoje são milhões e milhões de chineses no campo. Numa grande onda de urbanização que ainda está para ocorrer nos próximos 20 anos.

Com certeza é uma obra que vale a leitura se quisermos conhecer as facetas desse país tão importante e que ainda nos é tão enigmático. Recomendo a leitura. Semana que vem falarei de mais uma obra sobre a China, aproveitando minha viagem por esse país para buscar a promoção do desenvolvimento econômico capixaba. Boa leitura.

Em busca da China moderna
Jonathan D. Spence

Luiz Paulo Vellozo Lucas

Luiz Paulo Vellozo Lucas

Capixaba, 58 anos, pai do André, Laura e Rafael – e avô do Dante.
Engenheiro de produção formado pela UFRJ, pós-graduado em desenvolvimento econômico (BNDES) e economia industrial (UFRJ).
Funcionário do BNDES desde 1980, professor da PUC-RJ e da FDV e atualmente sou presidente do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>