Dia do servidor público

por Luiz Paulo Vellozo Lucas

Confiança

Eu tenho confiança no serviço público. Meu pai é professor universitário aposentado, minha mãe trabalhou toda a vida no serviço público e eu sou servidor público no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), foi lá que inciei minha vida profissional, será lá que irei me aposentar. Também passei por outros lugares do setor público. Fui prefeito de Vitória por dois mandatos, deputado federal por um mandato, trabalhei na assessoria do Senado e no governo do estado e, atualmente, estou presidente do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (BANDES).

Tenho confiança por que compreendo o papel dos poderes públicos para o desenvolvimento das pessoas e do país, por que vejo como um poder público bem organizado pode contribuir para que a vida em sociedade seja melhor e mais tranquila.

Logicamente, como em qualquer atividade humana, existe, no serviço público, um fator fundamental para que ele funcione, para que dê certo: os servidores públicos. Sem eles não se vai a lugar algum com as políticas públicas, com a prestação de serviços públicos de qualidade.

Homenagear os servidores públicos no seu dia requer que apontemos a necessidade de sua valorização. Valorização que se traduz no reconhecimento de demandas gerais e específicas por categorias. Com certeza os servidores públicos administrativos têm demandas diferentes do servidores públicos professores, os servidores públicos médicos e enfermeiros têm demandas diferentes dos servidores públicos procuradores, e por aí vai.

Reconhecer essas demandas significa trabalhar junto aos servidores públicos com transparência, sendo claro e objetivo sobre o que é e o que não é possível, significa apontar as obrigações que o poder público tem com os cidadãos e as cidades, mas garantir a eles o respeito profissional, a possibilidade de qualificação, uma remuneração adequada, condições de trabalho efetivas.

Parabéns a todos os servidores públicos nesse dia e em todos os dias. Vocês são fundamentais.

Luiz Paulo Vellozo Lucas

Luiz Paulo Vellozo Lucas

Capixaba, 58 anos, pai do André, Laura e Rafael – e avô do Dante.
Engenheiro de produção formado pela UFRJ, pós-graduado em desenvolvimento econômico (BNDES) e economia industrial (UFRJ).
Funcionário do BNDES desde 1980, professor da PUC-RJ e da FDV e atualmente sou presidente do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>